sexta-feira, 29 de abril de 2011

.Sangue Nas Mãos.



Não quero me enganar, fingir ser quem não sou
Eu vejo o alvo a frente, meus passos ele sempre guiou

Não pense que suas mentiras vão me abalar
você se diz tão forte mas se preocupa em mostrar que é melhor

Eu vejo dor em seus olhos, o fracasso tentou lhe tragar
veio como ar em seus pulmões pra te fazer chorar
te desanimar, e te consumir!
mais eu sei que ainda há tempo pra se decidir

Sofrendo e tão perdido, seu mundo se desfez
vejo a sua trágica historia
É este o seu fim?

Se eu pudesse te falar
que os meus olhos já cansados nem podem enchergar
mas mesmo que as sombras escondam o seu sorriso ainda assim
há chance de recomeçar

Eu posso ver esse Sangue em minhas mãos
e vem das feridas que eu mesmo criei
me perco sempre em minhas próprias verdades
Minha mente Foi o que vc destruiu.

3 comentários:

  1. Olá....gostei do seu blog muito legal! obrigada pela sua visitinha no meu e pelo comentário.
    valeuu...

    bjs

    ResponderExcluir